HAL will be down for maintenance from Friday, June 10 at 4pm through Monday, June 13 at 9am. More information
Skip to Main content Skip to Navigation
Journal articles

Diplomatas de farda. A França e o golpe de 1964

Résumé : Este trabalho analisa o impacto das negociações militares na resolução de conflitos diplomáticos, entre a França e o Brasil, de João Goulart a Costa e Silva. Busca-se compreender o papel do adido militar, secretário para as relações militares, em momentos de ruptura pol\'itica. Enquanto vários adidos brasileiros se sucedem na embaixada em Paris, diante da fragilidade das relações bilaterais e da importância dos acontecimentos pol\'iticos no Brasil, no Rio de Janeiro, o adido francês representa a continuidade dos negócios, devido às afinidades entre militares anticomunistas, franceses e brasileiros. Desse modo, o reatamento do diálogo pode ser compreendido como o resultado da relação pessoal entre os diplomatas de farda e os principais atores do golpe de 1964. Observa-se que os militares franceses se mantiveram à frente da chancelaria francesa, e, habilmente, conseguiram solucionar os principais conflitos entre os dois pa\'ises, ao prepararem o reconhecimento do governo militar. Oficiais e diplomatas do entourage do presidente de Gaulle, veteranos da Résistance e das guerras coloniais buscavam realizar o projeto gaullista de reconquista da América Latina.
Document type :
Journal articles
Complete list of metadata

https://hal.univ-reims.fr/hal-02496524
Contributor : Bu De Reims Champagne-Ardenne Connect in order to contact the contributor
Submitted on : Tuesday, March 3, 2020 - 9:37:53 AM
Last modification on : Wednesday, November 3, 2021 - 6:55:15 AM

Links full text

Identifiers

Collections

Citation

Rodrigo Nabuco de Araujo. Diplomatas de farda. A França e o golpe de 1964. História Unicap, Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), 2016, 3 (5), pp.56-70. ⟨10.25247/hu.2016.v3n5.p56-70⟩. ⟨hal-02496524⟩

Share

Metrics

Record views

27