HAL will be down for maintenance from Friday, June 10 at 4pm through Monday, June 13 at 9am. More information
Skip to Main content Skip to Navigation
Journal articles

Donde manda capital no manda guerrillero: estrategias enunciativas en los falsos refranes

Résumé : Neste trabalho analisamos as diferentes estratégias argumentativas que intervêm nos falsos provérbios, com base em exemplos em espanhol e francês. Este tipo de enunciados apresenta um interesse tanto linguístico quanto cultural, dado que é impossível compreendê-los se não se reconhece o provérbio de origem. As deformações e adaptações dos provérbios – muito frequentes na linguagem publicitária, por exemplo- constituem, na nossa opinião, uma prova evidente da vitalidade dos provérbios. Do ponto de vista enunciativo, os falsos provérbios são polifônicos, pelo fato de fazerem intervir, por um lado, o locutor do enunciado que contém o provérbio e, por outro lado, um enunciador coletivo que assume a responsabilidade enunciativa do provérbio de origem.
Document type :
Journal articles
Complete list of metadata

https://hal.univ-reims.fr/hal-02507210
Contributor : Bu De Reims Champagne-Ardenne Connect in order to contact the contributor
Submitted on : Thursday, March 12, 2020 - 7:00:20 PM
Last modification on : Thursday, October 14, 2021 - 1:10:07 PM

Links full text

Identifiers

Collections

Citation

Silvia Palma. Donde manda capital no manda guerrillero: estrategias enunciativas en los falsos refranes. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, 2011, 51 (1), pp.107-120. ⟨10.20396/cel.v51i1.8637222⟩. ⟨hal-02507210⟩

Share

Metrics

Record views

13